Aparecimento de uma nova espécie...

Os indivíduos desta nova espécie são conhecidos como Homo sapiens semi-erectus imprestabilis e surgiram por involução natural descendente, a partir de indivíduos Homo Quase sapiens que passaram a assumir constante postura encurvada, fala incompreensível, mastigação contínua de chicletes, audição constante de músicas de péssimo gosto em volume semi-letal e movimentos espasmódicos de extremidades superiores que, segundo recentes pesquisas científicas, acarretam o surgimento de pernas mais curtas e um único e repugnante modo de caminhar sempre com as pernas abertas e arrastando os pés. 

Comprovou-se que esta marcha peculiar, também conhecida como "arrasta-forquilha", afeta seriamente as funções cerebrais, se é que a nova espécie as tem. 

Por isso, nunca se deve esperar destes indivíduos qualquer contacto com os olhos ou comunicação verbal inteligente. 

Além disso, a observação demonstra que a maioria absoluta dos indivíduos desta nova espécie recebe  toda espécie possível de ajuda do governo que também involui e, o pior de tudo, infelizmente, são muito férteis! Reproduzem-se como ratos! Além disso, possuem veículos velhos e imprestáveis que pouco valem, mas com instalações sonoras caríssimas para reprodução de raps, axé, punk/pancadão de estourar os tímpanos de toda vizinhança. 

E assim vamos indo....pró buraco.

Fonte: Anónimo
 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Naturoterapias - Medicinas Tradicionais