25 de Abril – Orgulho ou vergonha?


Tal como a Primavera significa o inicio de um novo ciclo da natureza, após uma longa estação sombria e inerte, o 25 de Abril de 1974 foi para Portugal um renascer e um motivo de orgulho e maioridade para o povo português.
Uma “pequena convulsão” militar fazia assim cair uma ditadura “calmamente” instalada no poder.
Orgulho porque foi uma revolução militar onde os cravos brotaram das armas dos “revoltosos” em vez de balas. Orgulho porque apesar de termos vivido 48 anos de ditadura, não houve “caça às bruxas”. Orgulho pela assimilação pacífica por parte da população.
No entanto… vergonha por termos permitido que os ícones da revolução, os revoltosos e a população, tenham sido substituídos pelos infantes de além-fronteiras que regressaram quais heróis salvadores da pátria. Vergonha por termos permitido que interesses que não os nacionais se instalassem nas cadeiras do poder. Vergonha por até aos nossos dias ainda não termos aberto os olhos e a mente à usurpação da identidade nacional pelos poderes bipolares ultra nacionais. Vergonha… Muita!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Naturoterapias - Medicinas Tradicionais