A pegada que deixamos…

Como qualquer ser humano que busca a perfeição e a interpreta em todas as suas acções, a Imortalidade é um objectivo incrustado na mente de cada um de nós seres sencientes.

A Imortalidade, ao contrário do que se diz e do que se pensa, não é a preservação do corpo físico mas o prolongamento ad aeternum dos nossos actos e das obras que deixamos para a posteridade.

footprint3Todos podemos ascender à imortalidade através do “rasto” que deixamos aos nossos descendentes.

Os pequenos gestos ou mesmo murmúrios, podem elevar-nos ao estrelato social ou de uma forma mais restrita ao reconhecimento do nosso valor no seio da família e/ou de amigos.

Se formos lembrados ou recordados por alguém, após o nosso desaparecimento corpóreo, de ensinamentos que deixamos, de anedotas que contamos ou imagens de feitos pessoais então estamos a caminho da imortalidade porque o nosso nome e a nossa imagem acabaram por perdurar para além da nossa existência.

Se os nossos actos, os nossos ensinamentos, os nossos exemplos marcaram aqueles que nos rodeiam, então teremos a consciência da nossa imortalidade.

Se enveredarmos por um caminho de luz e de harmonia, se alimentarmos o Positivismo do mundo que nos rodeia, ascenderemos ao nível para além da vida e viveremos para todo o sempre…

Sem comentários:

Enviar um comentário

Naturoterapias - Medicinas Tradicionais