Mais um ano...




Mais um ano... e um pouco menos de mim se desvanece na bruma da memória. Inevitávelmente o tempo amortece a dor mas a cicatriz do tempo permanecerá para todo o sempre... Quem quer viver para sempre?... A tua memória em mim porque essa ficou cravada profundamente no meu ser... Até breve!...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Naturoterapias - Medicinas Tradicionais