Quadras soltas - António Aleixo…

Uma mosca sem valor
poisa, com a mesma alegria,
na cabeça de um doutor
como em qualquer porcaria.

O meu merceeiro é santo
e há quem diga que ele é mau!
Digo-lhe só:- dou mais tanto,image
já me arranja bacalhau.

Não vás contar a ninguém
as histórias que não sabes;
nem assim entrarás bem
no lugar em que não cabes.

Se é que valor nenhum tem,
não crê que o mundo isso diz:
basta pensar que é alguém
para se sentir feliz.

És parvo, mas és distinto,
só vês bem o que tens perto;
não compreendes que te minto
quando te trato por esperto?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Naturoterapias - Medicinas Tradicionais