Uma nova revolução… é preciso!

Sem ser pretensioso ou saudosista precisamos de um novo “E depois do adeus” nem que isso significasse o retorno a épocas do tempo da outra senhora.

Antes pobres e seguros do que miseráveis com destino incerto.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Naturoterapias - Medicinas Tradicionais