Eu vou gritar! Eu vou gritar!...

O gaúcho, muito macho, foi fazer o seu exame de próstata.

A sala de espera estava lotada de homens que, como ele, estavam condenados à maior humilhação da vida de um macho.
Depois de entrar na sala e ficar de quatro em cima da mesa o médico colocou a luva e — pimba! — tacou o dedo pra dentro.
— Ai, tchê! — gemeu o gaúcho.
— Está doendo? — perguntou o médico.
— Eu não tô agüentando, doutor... Eu vou gritar!
— Olha, eu acho melhor você se segurar! A recepção está lotada de pacientes e vai ficar uma situação embaraçosa...
— Bah! Mas eu não estou agüentando, doutor! Vou gritar! Vou gritar!
— Calma, rapaz... Já está acabando...
— Mas eu não agüento, doutor... Eu vou gritar! Eu vou gritar...
O doutor, já ficando de saco cheio de toda essa ladainha, consentiu:
— Então grita!
E o gaúcho:
— BAH! MAS QUE MARAVILHA, TCHÊ!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Naturoterapias - Medicinas Tradicionais