Grande como um boi...

... mas é um roedor!...



16 de Janeiro de 2008 - A ilustração acima é uma escultura do crânio fossilizado do maior roedor alguma vez encontrado.

O "rato" da América do Sul, viveu à cerca de 2 a 4 milhões de anos e pesava cerca de 1.000 Kg, baseado no comprimento do crânio (53 cm).

ver mais em National Geographic

Sem comentários:

Enviar um comentário

Naturoterapias - Medicinas Tradicionais