Como se assalta uma casa...

Os amigos do alheio, entram em nossa casa sem necessidade de arrombar a porta e com gente no interior, sem qualquer dificuldade. É derramada água por baixo da porta de entrada. Qual o seu efeito?
Quem se encontra no interior da residência ao constatar a existência de água a entrar por baixo da porta, tem por primeiro impulso abrir a porta e indagar da sua proveniência, abre a porta e o que se passa a seguir, deixamos á imaginação de cada um.
É tudo muito fácil com a nossa colaboração, os amigos do alheio nem se darão ao trabalho de arrombar portas.
No intuito de evitarem ser surpreendidos, devem para além das precauções que habitualmente tomam, adoptar mais um procedimento. Deve aguardar-se algum tempo, analisar o fluxo de água e antes de abrir a porta certificar-se devidamente de que não se encontra alguém no exterior, pode estar sempre alguém escondido. É preferível que entre um pouco mais de água, com maior ou menor dificuldade conseguimos dominar, que facilitemos a entrada de quem nos domine. Não é só em vivendas, que este estratagema é utilizado, antes pelo contrário, é em prédios que se constata a maior incidência. Na verdade o primeiro impulso de uma pessoa que passa no hall de entrada e vê água a entrar por baixo da porta, é abri-la.
Este método já funcionou, na Zona de Lisboa, em cerca de 50 casos segundo a PSP de Algés. Já a PSP das Antas registou 22 casos e a GNR assume 73 casos nas zonas da Srª da Hora, S. Mamede Infesta e Rio Tinto/Gondomar.
Não deixem de passar esta informação às pessoas que ficam em nossas casas durante a nossa ausência.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Naturoterapias - Medicinas Tradicionais